BALANÇO DE QUASE UM ANO E PREMIAÇÃO

Um ano. Na verdade, pouco menos de um ano. Foi esse o tempo que o Centro de Memória do TRT-2 teve para pesquisar, produzir e divulgar seus primeiros conteúdos.

Criado no segundo semestre de 2017, o setor começou seus trabalhos de pesquisa voltados à história do TRT-2 em janeiro de 2018.

De lá para cá, foram realizados diversos projetos, como a exposição “Memória do TRT-2: uma construção coletiva” e a palestra “Entre Memória e História: lembranças e análises sobre a evolução do TRT-2 e da Justiça do Trabalho”, que contou com a presença do ministro aposentado do TST, Pedro Paulo Teixeira Manus e desembargador Wilson Fernandes, que contaram suas histórias e lembranças da Justiça do Trabalho.

Nesse tempo, foi criado também o selo “Acervo Histórico”, que permite que servidores e magistrados do Tribunal possam também contribuir para a identificação dos processos de valor histórico; a criação do Centro de Memória Virtual do TRT-2, que divulga o acervo histórico do Tribunal, artigos sobre memória (que você pode ler aqui) e ainda facilita o acesso a pesquisadores; o início da criação do guia do acervo (previsto para ser lançado em 2019); a elaboração do glossário de vocabulário controlado, dentre outros trabalhos.

E mesmo com o pouco tempo disponível, a equipe do Centro de Memória do TRT-2 acaba de vencer o Prêmio Memojutra, concedida pelo Fórum Permanente em Defesa da Memória da Justiça do Trabalho, que reúne os setores responsáveis pela Gestão Documental e Memória de todos os tribunais trabalhistas do Brasil.

Ao todo, foram dois vencedores na categoria instituição, que levou em conta o trabalho desenvolvido pelos Regionais no ano de 2018. A outra instituição vencedora foi o TRT-9, que sediou o evento. O prêmio (medalha e certificado) foi recebido pela servidora Tatiana Rysevas Guerra, do Centro de Memória do Tribunal, em nome da Presidência.

Além disso, o Centro de Memória foi escolhido como um dos palestrantes do painel “Boas Práticas”, que apresentou aos participantes do evento soluções de simples execução que ajudam na realização do trabalho dos setores responsáveis pela memória institucional dos Regionais. O projeto apresentado pelo TRT-2 foi a campanha do recadastramento.

memojutra, boas práticas, Centro de Memória TRT-2
A servidora Tatiana Rysevas Guerra, do Centro de Memória do TRT-2, durante apresentação sobre ação no recadastramento, no Memojutra 2018.

Recadastramento

Realizado anualmente, servidores, magistrados e juízes classistas aposentados visitam a área administrativa do TRT-2 para a atualização de seus cadastros. Estima-se que das cerca de 2500 pessoas que precisam realizar o recadastramento anualmente, cerca de 55% o fazem de forma presencial.

O Centro de Memória, aproveitando-se do momento em que diversas pessoas que trabalharam no TRT-2 aqui se encontram, convidou-os a uma visita ao setor, para que contassem um pouco de suas memórias junto a um chá. O contato possibilitou a obtenção de informações, fotografias e documentos, além da indicação de outros servidores e magistrados que poderiam contribuir para contar a história do TRT-2.

Parte do material obtido foi utilizado na exposição “Memória do TRT-2: uma construção coletiva” e tem sido objeto de catalogação. A campanha serviu ainda como ação de valorização de servidores e magistrados inativos, que passam a contar com o Centro de Memória como lócus de encontro no Regional.

Memórias Trabalhistas é uma página criada pelo Centro de Memória do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, setor responsável pela pesquisa e divulgação da história do TRT-2. Neste espaço, é possível encontrar artigos, histórias e curiosidades sobre o TRT-2, maior tribunal trabalhista do país.

Acesse também o Centro de Memória Virtual e conheça nosso acervo histórico, disponível para consulta e pesquisa.


Leia também



Publicado por Christiane Teixeira Zboril

Radialista e jornalista, é especialista em Comunicação Pública. Possui experiência com produção de rádio e TV, assessoria de imprensa, eventos e gestão de mídias sociais. Adora fazer planos, conhecer novos lugares e pessoas, além de ouvir uma boa história. Desde 2012, é servidora do TRT-2.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: