ENTRE MEMÓRIAS E HISTÓRIAS

No dia 13 de maio, foi inaugurada, no Ed. Sede do TRT-2, a exposição “Memória do TRT-2: uma construção coletiva”. Atualizada e ampliada, a exposição traz novas informações, novas fotografias, objetos e fatos que foram coletados ao longo do último ano.

Para marcar a inauguração, servidores e magistrados, ativos e inativos, além de advogados e público em geral, puderam conferir mais uma edição do bate-papo “Entre memória e história: lembranças e análises sobre a evolução do TRT-2 e da Justiça do Trabalho”, na qual a desembargadora-presidente do Tribunal, Rilma Aparecida Hemetério, e o desembargador aposentado José Carlos da Silva Arouca falaram sobre a chegada a São Paulo (ambos são de fora da capital paulista: dra. Rilma é de Caxambu/MG e dr. Arouca, de Ribeirão Preto), relembraram suas carreiras, inclusive momentos marcantes, e deram suas visões acerca do futuro da Justiça do Trabalho. A conversa foi mediada pela diretora da Secretaria de Comunicação Social do TRT-2, Aline Castro.

palestra Entre Memória e História, memória trt-2, José Carlos da Silva Arouca, Rilma Aparecida Hemetério
Os desembargadores Rilma Aparecida Hemetério (esquerda) e José Carlos da Silva Arouca (direita) e a servidora Aline Castro (centro), durante o bate-papo “Entre memória e história”. Foto: Secom / TRT-2.
palestra
A desembargadora Rilma Aparecida Hemetério, presidente do TRT-2, conta sua trajetória na Justiça do Trabalho, durante o bate-papo “Entre memória e história”. Foto: Secom/TRT-2.
palestra
O desembargador aposentado José Carlos da Silva Arouca conta sua trajetória na Justiça do Trabalho, durante o bate-papo “Entre memória e história”. Foto: Secom/TRT-2.
palestra
A servidora Aline Castro, diretora da Secretaria de Comunicação do TRT-2, durante o bate-papo “Entre memória e história”. Foto: Secom/TRT-2.

Após a palestra, um exemplar de cada um dos mais recentes livros lançados pelo desembargador aposentado José Carlos da Silva Arouca, “Organização Sindical no Brasil: passado – presente – futuro (?)” e “Comentários à legislação sindical (ambos da editora LTR) foi sorteado dentre os presentes.

Confira a reportagem sobre a estreia da exposição “Memória do TRT-2: uma construção coletiva”, produzida pela Secretaria de Comunicação, na data do evento, e o vídeo, que mostra como foi a inauguração da exposição.

Os participantes

Convidados para a segunda edição do bate-papo “Entre memória e história” (em 2018, os convidados foram o desembargador Wilson Fernandes, presidente do Regional à época, e o ministro do TST aposentado, Pedro Paulo Teixeira Manus), dr. Arouca e dra. Rilma têm alguns pontos em comum em suas trajetórias:

  • Ambos vieram, sozinhos, de fora (dr. Arouca é de Ribeirão preto. Veio para São Paulo nos anos 50. Dra. Rilma, de Caxambu/MG, veio, sozinha, na década de 70).
  • Ambos se formaram pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (dr. Arouca, em 1959 e dra. Rilma, em 1976).
  • Ambos venceram dificuldades em suas carreiras (dr. Arouca teve sua nomeação preterida no IV Concurso da Magistratura devido à ditadura militar. Foi ainda demitido de suas funções de advogado de sindicato. Foi também preso. Dra. Rilma é de uma família simples do interior de Minas. Mulher e negra, venceu diversos preconceitos até chegar ao mais alto posto da 2ª Região Trabalhista).
  • Ambos têm forte atuação com direito sindical (dr. Arouca é um dos grandes nomes do direito sindical. No Tribunal, atuou na Seção de Dissídios Coletivos – SDC. Dra. Rilma também atuou na SDC, foi vice-presidente judicial e coordenadora do Núcleo de Conciliação de Coletivos).
  • Dr. Arouca conheceu dra. Rilma quando ela era servidora do TRT-2, na década de 1970.

Rilma Aparecida Hemetério

Mineira de Guaxambu, Rilma Aparecida Hemetério formou-se em direito, em 1976, pela Faculdade de direito do largo de São Francisco. Foi servidora do TRT-2 entre 1976 e 1978, quando atuou como balconista na 16ª Junta de Conciliação da Capital, cujo titular era Floriano Correa Vaz da Silva, que, anos depois seria presidente do Tribunal.

Atuou no Ministério Público de Minas Gerais entre 1980 e 1981, antes de ser aprovada no VII Concurso da Magistratura, em 1981. Em 1984, tornou-se juíza titular. Atuou nas juntas de Jaú, além de 45ª e 23ª juntas da capital.

Em 2001, tornou-se desembargadora do trabalho. Atuou na 10ª e 17ª turmas, além de Seção de Dissídios Coletivos (SDC) e SDI-1.

Foi vice-presidente judicial do TRT-2 no biênio 2012/2014. Lidou com importantes greves, em um momento em que a classe trabalhadora se mobilizava em um período pré-Copa. A maia emblemática delas foi a greve dos metroviários.

É a atual presidente do TRT-2 (biênio 2018/200), neste momento delicado pelo qual passa a Justiça do Trabalho.

José Carlos da Silva Arouca

José Carlos da Silva Arouca é um dos grandes personagens da Justiça do Trabalho da 2ª região. Paulista de Ribeirão Preto, formou-se em 1959 pela Faculdade de direito do largo de São Francisco, onde foi aluno do professor Cesarino Junior, em um tempo em que o direito do trabalho ainda engatinhava. Atuou fortemente com direito sindical. Conheceu grandes nomes do direito trabalhista, como Rio Branco Paranhos e Ennio Sandoval Peixoto. Trabalhou com nomes importantes da história do TRT-2. Conheceu Mario Pimenta de Moura, considerado nosso primeiro servidor.

Em 1963, dr. Arouca prestou o IV Concurso da Magistratura. Passou em quinto lugar, mas nunca foi nomeado. Em tempos de ditadura militar, era o presidente da República quem selecionava o candidato a ser nomeado. Devido a suspeitas de seu envolvimento com o partido comunista, teve sua nomeação preterida. Fez carreira dentro da área sindical.

Em 1999, foi nomeado desembargador do TRT-2 pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, pelo quinto constitucional/OAB. Na época, o presidente do TRT-2 era o desembargador aposentado Floriano Vaz Correa da Silva. Aposentou-se em 2005, pela compulsória, aos 70 anos.

É autor de diversos livros, em especial sobre direito sindical. Os mais recentes são “Organização Sindical no Brasil: passado – presente – futuro (?)” e “Comentários à legislação sindical”, ambos lançados pela editora LTR, em 2018.

Design sem nomeMemórias Trabalhistas é uma página criada pelo Centro de Memória do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, setor responsável pela pesquisa e divulgação da história do TRT-2. Neste espaço, é possível encontrar artigos, histórias e curiosidades sobre o TRT-2, maior tribunal trabalhista do país.

Acesse também o Centro de Memória Virtual e conheça nosso acervo histórico, disponível para consulta e pesquisa.

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s