QUANDO OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS

Normalmente, em órgãos que possuem sua atividade-fim tão bem definida, como aqueles ligados ao Judiciário, é comum que todo e qualquer setor que não esteja ligado diretamente ao exercício dessa atividade, seja alocado em função dela, ou seja, considerado “atividade-meio”. Tais setores são fundamentais para o funcionamento da instituição e para sua plena prestação jurisdicional.

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora