FOTOS – E AS HISTÓRIAS POR TRÁS DELAS

O caminhão que participou da mudança da sede do Tribunal (em 1980!); a foto de uma vara que nos fez conhecer uma magistrada que, infelizmente, partiu muito cedo, mas que nos fez descobrir que o famoso dr. Fasanelli tinha uma esposa no Tribunal; a imagem de um churrasco (na casa de um ex-presidente, conhecido pelas confraternizações que promovia) que revelou uma camiseta que foi alvo de crítica por um (outro) ex-presidente; uma confraternização em uma concorrida (à época) casa de eventos que trouxe à tona imagens de alguns de nossos mais antigos colegas (servidores e magistrados – pessoas que só conhecíamos pela pasta funcional); uma foto de um setor que reuniu, há quase duas décadas, diversos conhecidos (ainda na ativa hoje em dia!); o retrato de um jovem servidor da Justiça do Trabalho que, quase 15 anos depois, continua trabalhando lado a lado de grande parte da família que construiu em outro prédio, apesar de todas as mudanças.

Essas são as descrições de alguns dos itens do acervo iconográfico do TRT-2. Todas essas informações podem parecer meras curiosidades, mas é dessa forma que acabamos por nos deparar com algumas das mais doces e divertidas memórias construídas em nosso Regional.

Imagens e objetos pertencentes ao acervo iconográfico do TRT-2.

A um tempo não tão distante, falamos sobre nosso trabalho de buscar, por meio de relatos pessoais, informações que ficaram, senão perdidas no tempo ou nos arquivos, guardadas apenas na memória daqueles que presenciaram determinado momento. Muitas vezes, por meio da narrativa de suas trajetórias, acabamos por esbarrar em outros colegas, outras personagens da história do TRT-2.

E assim, contando com a colaboração de servidores e magistrados – que tanto contribuíram com a história do Regional -, conseguimos começar a reunir um acervo, inexistente até então. Afinal, estamos em um Tribunal que completa 80 anos em 2021, mas que somente em 2018 passou a ter um setor responsável por pesquisar e divulgar sua memória.

A história, no entanto, é construída diariamente. Se hoje contamos o que aconteceu com nossos colegas nos anos 40, 50 e 60, daqui alguns anos nossos futuros colegas estarão contando a história que construímos hoje. Por isso, é fundamental a participação de cada integrante do TRT-2. Independentemente de cargos e origens, nosso trabalho diário é o que molda nosso Regional, é o que faz com que ele cresça diariamente e mude de uma forma constante.

E exatamente para que nossos colegas do futuro não se deparem com esta situação que enfrentamos – de quase inexistência de registros de um determinado momento – é que pedimos – e às vezes até com uma certa insistência, é verdade – a participação – e a colaboração – de cada um.

A servidora aposentada Maria do Carmo Sacramento, em visita ao Centro de Memória do TRT-2. Grande colaboradora do setor, Maria do Carmo doou dezenas de fotos para o acervo do Tribunal.

Já que o grande vilão de não termos tempo para procurarmos por fotos antigas é o fato de não estarmos em casa, a pandemia mostrou-se uma oportunidade para nós, do Centro de Memória. Assim surgiu a ideia da campanha “Quem faz a memória é você”: já que estamos em casa, que tal procurarmos por fotos ou documentos antigos? E às vezes antigo é uma questão relativa. Aquele registro que aconteceu há algum tempo, há dois anos que seja, pode nos contar uma história especial. A confraternização, a reunião na copa, um evento que tenha sido marcante. Ou um dia em que se resolveu registrar algo no ambiente de trabalho. A foto que hoje a gente vê pode nos revelar muito do que foi aquele momento, de qual era aquela situação, de qual era o contexto. Afinal, a história do Tribunal é construída diariamente por todos nós – e somos todos nós também responsáveis por sua preservação.

Por isso, a partir de hoje “Quem faz a memória é você” passa a ser uma campanha permanente. Fique à vontade para nos mandar imagens escaneadas, documentos, registros, rascunhos… Ou ainda o número de um processo que tenha sido marcante, um texto curto falando sobre uma lembrança. Uma curiosidade sobre algo ou alguém que valha o registro. Queremos que você não mais faça parte apenas do dia a dia do tribunal, mas também de suas histórias e memórias.

Tornar pública uma memória e o registro dela permite ao Centro de Memória do TRT-2 adicionar mais um item ao acervo histórico do Regional. Junto a documentos, processos e relatórios, tais fotografias podem fazer parte do fundo administrado pelo Arquivo do TRT-2 e ser mais um elemento importante da divulgação da história da instituição. Já que no dia 9 de junho comemoramos o Dia Internacional dos Arquivos, nada mais justo do que compartilhar com todos, nesta data, o papel de construção desse acervo.

Uma fotografia de amigos reunidos, de um evento ou fato corriqueiro pode trazer um pequeno detalhe, que permite conectar outros fatos e memórias. Aquela fotografia guardada, que parece constituir apenas a sua memória pessoal, pode ser peça importante de uma história maior, envolvendo grandes decisões, outros atores, ou mesmo, ativar lembranças preciosas em mais pessoas. Pequenos pedaços da história do TRT-2 podem estar guardados naquela caixa de sapatos esquecida no seu guarda-roupa.

Funcionais e crachás pertencentes ao acervo do TRT-2: documentos que nos contam histórias.

Envie sua contribuição para memoriatrt2@gmail.com. Pedimos que você deixe apenas seu nome, lotação, época do registro e contexto. Se for uma foto com mais pessoas, não se esqueça de mencionar quem aparece. Isso tudo nos ajuda muito! E a partir de cada uma dessas descobertas é possível a elaboração de novos projetos. Analisaremos o material com carinho para inserção em nosso acervo histórico.

Aqui estão algumas fotos que recebemos nos últimos tempos. Elas nos contam pequenas histórias. Quem sabe você também não participou, de alguma forma, delas? Se for o caso, fique à vontade para comentar. Basta clicar na foto e deixar seu comentário. Também trabalhou com aquele servidor? Conte-nos como foi, quando foi. Também foi lotado naquele prédio? Quais as suas lembranças dele? Ajude-nos a entender um momento que foi seu, mas que também pode ter cruzado, em algum momento, com alguns de seus colegas. Ajude o Centro de Memória a conectar e reunir esses pedaços preciosos da história!

Memórias Trabalhistas é uma página criada pelo Centro de Memória do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, setor responsável pela pesquisa e divulgação da história do TRT-2. Neste espaço, é possível encontrar artigos, histórias e curiosidades sobre o TRT-2, maior tribunal trabalhista do país.

Acesse também o Centro de Memória Virtual e conheça nosso acervo histórico, disponível para consulta e pesquisa.


Leia também



Publicado por Christiane Teixeira Zboril

Radialista e jornalista, é especialista em Comunicação Pública. Possui experiência com produção de rádio e TV, assessoria de imprensa, eventos e gestão de mídias sociais. Adora fazer planos, conhecer novos lugares e pessoas, além de ouvir uma boa história. Desde 2012, é servidora do TRT-2.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: